sábado, 20 de agosto de 2016

Compreendendo os vícios que nos impedem de evoluir

 


    Você sabe o que é vício?

    Você sabe o que é evolução espiritual?

    Quem acompanha uma casa de Umbanda, seja como filho de Santo, como
consulente ou como assistência, por muitas vezes já ouviram falar que
se deve deixar os vícios de lado para podermos evoluir.

    Quando se ouve isso logo nos vem a mente a bebida alcoólica, o
fumo, os entorpecentes, porém não é só desses vícios que se é referido
na Umbanda, apesar deles fazerem parte de uma grandiosa lista de
vícios.



    Os vícios na verdade podem ser definidos da seguinte forma:

    Vício é o uso costumeiro de toda e qualquer coisa que nos acarrete
prejuízo. É o costume de proceder mal. Vício é uma doença complexa,
que exige muita força de vontade e de fé para se libertar dela.

    Para nos curar dos vícios devemos lutar constantemente contra ele,
enfrentá-lo e vencê-lo.

    O vício quando não vencido, a pessoa que carrega esse mal, se
torna escrava dele, fazendo assim com que nos percamos nos caminhos
que deveremos seguir para que possamos evoluir, ser alguém melhor, e
assim estarmos em contato com Deus.

    Para que nossa caminhada terrena para a vida espiritual, e claro
para a evolução de nosso espírito, fique de uma forma liberta e
aceitável dentro das regras espiritualistas evolutivas, devemos estar
em compreensão que não devemos carregar tais vícios, pois estando eles
conosco nunca seremos verdadeiramente libertos para seguir o caminho
de luz que deveríamos nos entregar.

    Todos os vícios são nocivos para quem os tem, e muitas vezes um ou
dois desses vícios encobrem todas as virtudes que adquirimos no
caminhar de nossa vida terrena.

    Sabemos que são muitos os vícios, e devemos lutar persistentemente
para vencer a todos, pois  se deixarmos em nossa vida um restinho de
qualquer um deles, podemos estar certos que vai nos atrapalhar em
demasia.

    A essa altura muitos de nós podemos estar refletindo, quais os
vícios que tenho, ou que quantidade tenho.

    Para esclarecimento, vou citar alguns abaixo, que certamente
muitas pessoas tem, são os mais conhecidos, e que estão em um grau
intenso dentro da humanidade, e que dentro da linha espiritualista umbandista
atrapalha em muitas ações, fatos, como por exemplo o que já dissemos
acima, a evolução do espírito, mas mesmo dentro de uma Gira, quando
se ocorre certos vícios, podem atrapalhar intensamente os trabalhos,
fazendo assim com que o Terreiro perca a firmeza, dando abertura a
espíritos sem luz, como Kiumbas, Eguns, Zombeteiros, que dominam o
médium vicioso, fazendo-o assim mistificar, e por consequência
atrapalhar uma consulta a uma pessoa que esteja necessitada de auxílio
verdadeiro.

    Os vícios mais conhecidos são:

Agressividade.
Alcoolismo.
Ambição.
Apego material.
Avareza.
Calúnia.
Ciúme.
Cólera.
Entorpecente.
Fumo.
Ganância.
Gula.
Inconformação.
Inveja.
Jogo.
Maledicência.
Mentira.
Ociosidade.
Orgulho.
Pornografia.
Queixa.
Roubo.
Vaidade.



    Temos outros tipos de vícios, porém frisamos esses por serem os
mais conhecidos.


    Dentro da linha umbandista, temos a convicção da reencarnação, e
entendemos que os vícios danificam extremamente o perispírito,
fazendo assim que danifiquemos o que temos de perfeito, e assim sendo
podemos vir em uma próxima reencarnação com alguma deficiência para
que possamos ter o aprendizado sobre o mau hábito, ou seja,
entendermos, espiritualmente falando, que temos que nos livrar dos
vícios.

    E para esclarecimento, só nos livramos de um vício, se provarmos a
nós mesmos que somos capazes, e por nossa livre e grandiosa vontade,
sendo assim devemos lutar contra ele para vencê-lo, e assim seguirmos
o caminho da evolução.

    Devemos compreender que todo e qualquer vício atrapalha
grandiosamente a evolução de um espírito, e maltrata e danifica
extremamente o perispírito, contudo sabendo que as próprias ações
danificam essa caminhada rumo ao objetivo de evolução, temos na
consciência que a reencarnação poderá nos tirar dessa roda gigante,
que seria as más ações, ou seja vícios que carregamos em nossa vida
terrena, eliminando-as para prosseguirmos em paz, aos braços do amado
Deus.



    Lembremos que o Pai Maior é justo e amável, quando desejamos com
fé e perseverança, sempre teremos auxílio para sairmos desses vícios
tão nocivos a nossa evolução, portanto temos que ter em mente, que
dependerá exclusivamente de nosso livre arbítrio.

    Devemos evitar os vícios com compreensão, sabemos que não é nada
fácil abandonar um vício, seja ele qual for. É de extrema necessidade
nos conscientizarmos que temos tal vício, para assim, tentar
combatê-lo.

    Para quem ainda está se perguntando sobre a relação de alguns
vícios mencionados acima, não compreendendo o porque estão nessa
relação, pois quando falamos de vícios as primeiras coisas que nos
vem a mente é fumo, álcool e drogas. E em nossos pensamentos um tanto
atrasados, imaginamos que apenas esses vícios, que apesar de serem
extremamente prejudiciais a nosso corpo físico, além de destruir boa
parte de nosso perispírito, são os únicos ou os principais vícios que
podemos adquirir, mas que na verdade não é bem assim, pois outros
relacionados acima, são tão grandes ou piores vícios a nossa
caminhada, tanto terrena quanto espiritual, falando de evolução e dos
cuidados com a enorme deterioração do perispírito.

    Resumidamente, apenas para esclarecer e para que todos nós
possamos refletir sobre tais vícios, vamos mostrar onde esses agridem
com maior proporção as partes equivalentes ao perispírito, sendo que
nessa demonstração levaremos em conta que o corpo físico é uma cópia
idêntica ao nosso perispírito, portanto vamos indicar essa
deterioração como se estivéssemos observando a matéria, o corpo
físico.

Agressividade: Deteriora o cérebro, sistema cardíaco e o sistema
nervoso, podendo deixar a pessoa que tem esse vício vir a ter
problemas nessas partes em uma reencarnação futura.

Alcoolismo: Ataca principalmente o cérebro, sistema nervoso, órgãos
como fígado e coração, podendo ainda trazer danos gravíssimos aos
olhos, trazendo a cegueira em uma encarnação próxima.

Ambição: Podem trazer males respiratórios em uma próxima encarnação,
por lesar em demasia todo o sistema respiratório, além de problemas
mentais.

Apego material: Da mesma forma que a ambição, esse vício lesiona o
sistema respiratório e o cérebro, podendo também trazer extremas dores
estomacais, levando a gastrite.

Avareza:  A avareza tem ligação deteriorativa diretamente com os
neurônios, fazendo assim que possamos ter males cerebrais incuráveis.

Calúnia: Esse vício tem o poder de deteriorar as cordas vocais,
fazendo assim em uma próxima reencarnação a pessoa caluniadora vir a
ser muda. Podem deteriorar também partes da laringe e faringe, além de
fazer com que aumente os batimentos cardíacos, de uma tal forma levando
a pessoa a ter uma taquicardia extrema.

Ciúme: Vício que parece não ter tanta importância, muitos dizem que é
tempero do amor, porém esse vício leva a termos graves lesões
cardíacas, cerebrais, renais e pulmonares. Temos que ter extremo
cuidado com esse sentimento que parece inofensivo, pois ele toma conta
da maioria da humanidade.

Cólera: Assim como a agressividade: Deteriora o cérebro, sistema
cardíaco e o sistema nervoso, podendo deixar a pessoa que tem esse
vício vir a ter problemas nessas partes em uma reencarnação futura.

Entorpecentes: Deteriora todos os sistemas e órgãos do corpo humano,
em especial o cérebro.

Fumo: Ataca todos os órgãos do corpo, podendo fazer crescer a
quantidade de células doentes (câncer), em encarnações futuras poderá
vir com todo sistema respiratório lesionado.

Ganância: Assim como a avareza: A ganância tem ligação deteriorativa
diretamente com os neurônios, fazendo assim que possamos ter males
cerebrais incuráveis.

Gula: A Gula é um vício bastante difícil de ser combatido, mas devemos
lutar extremamente contra ela, pois ataca todo o sistema circulatório,
cardíaco, lesiona órgãos como pâncreas, fígado e rins. Em uma próxima
reencarnação podemos retornar com várias doenças nessas partes por
termos nosso perispírito danificado nesses órgãos.

Inconformação: Vício de achar que tudo está sempre ruim, que todos
estão contra você. Nos traz depressões crônicas, lesiona o cérebro de
uma tal maneira que em uma próxima reencarnação o inconformado poderá
retornar com paralisia cerebral grave.

Inveja: Vício que lesiona o sistema imunológico, cardíaco e
circulatório.

Jogo: Lesiona várias partes do cérebro.

Maledicência: Deteriora a faringe e laringe, podendo também atacar o
sistema cardíaco.

Mentira: Vício comum entre os seres humanos, que traz males a todo
sistema nervoso.

Ociosidade: Traz lesões aos membros inferiores e superiores, ao
sistema cardíaco, e a todo sistema neurológico.

Orgulho: Lesiona o cérebro, e órgãos como o coração, pulmão, rim e
fígado.

Pornografia: Ataca todo sistema imunológico, sistema nervoso, além de
deteriorar o cérebro e poder deixar partes da genitália com lesões
irrecuperáveis.

Queixa: Assim como a inconformação, nos traz depressões crônicas,
lesiona o cérebro de uma tal maneira que em uma próxima reencarnação o
inconformado poderá retornar com paralisia cerebral grave.

Roubo: Ataca todo sistema nervoso, podendo trazer também lesões
graves nos membros superiores.

Vaidade: Traz diversos defeitos físicos por todo corpo em uma
próxima reencarnação.



    Dentre vários vícios, vamos apenas destacar esses como exemplo,
porém devemos ficar sempre atentos a não nos deixarmos ser levados a
sermos conduzidos por eles, para que não percamos nossa evolução
espiritual, e não soframos em uma próxima reencarnação nenhum tipo de
mal por não termos conseguido nos livrar desses diabólicos vícios.

    Frisamos também que não necessariamente uma pessoa que tenha algum
mal desses descritos acima tiveram alguns desses vícios na encarnação
passada, pois são vários os motivos que podem levar a um mal. Cada
caso é um caso, as causas podem ser diferentes para o mesmo efeito.
Lembre-se, somos o que construímos no passado e Seremos no futuro o
que Construirmos no presente.

    Reflitam e lutem contra esses erros, que podem nos fazer sofrer
por uma encarnação inteira.

Paz e vitórias sobre nossos vícios.


Carlos de Ogum

36 comentários:

Aninha de Iemanjá disse...

Que Zambi, Oxalá, os Orixás, nossas queridas Entidades de Luz, mas principalmente nossa fé e perseverança; nos ajude a nos livrar desses vícios que só ferem nossos perispírito e atrasa nossa evolução.

Que assim seja!

Gabriella Conceição disse...

Que nós possamos nos conscientizar e melhorar cada dia mais!
Oxalá abençoe todos.

Amanda disse...

Texto de muito muito ensinamento. Lindo.

Mariana Menezes disse...

Oxalá abençoe e ilumine os envolvidos na construção deste portal de conhecimento e amor.

Axé!

Sandro Esteves disse...

Caiu como uma luva pra mim esse texto. q lição.

Diva Amorim disse...

Pai Carlos tenho vários desses vicios, preciso melhorar muito. Paz

Durce Maria disse...

Muitos vicios deveremos vencer para podermos chegar a luz desejada.
Salve

Anônimo disse...

Aula linda pai. Parabéns.

Josilanne disse...

Gratidão por esse ensinamento pai. Texto maravilhoso.

Karol Macumbinha disse...

Estou até com medo agora, tenho tantos desses vicios. Deus me ajude.

Lionora Campos disse...

Realmente esses vicios são o fim de todos nós. Precisamos melhorar

Rodrigo Paiva disse...

Salve irmão. Muito bem colocado seu texto. Parabéns.

Anônimo disse...

Querido amigo Carlos, mais uma vez surpreendente a escolha do seu
texto. Precisamos urgentemente melhorar nossos vícios, vícios esses que
tanto nos prendem a não evolução. Infelizmente todos nós somos assim,
deixamos nos levar por esses vícios até a beira da sepultura. Grande
lição amigo, parabéns mais uma vez. Mãe Maria de Oxum.

Edna Marques disse...

Vicios malditos que não consigo sair deles. Peço ajuda.

Works_59@yahoo.com.br disse...

Meu vicio desses é a inconformação até em mim sinto mal esse vicio se pudesse me izolaria num mundo só meu pra não sentir esse desconforto até eu me sinto mal parece que veijo quando não sou bem quisto

Windy disse...

Belo texto para nossa reflexão. Pai Carlos realmwente você é um ser de
luz. Axé

Rosana Aleixo disse...

Vicios difíceis de serem melhorados pai. não sei como e quando
conseguirei.

Zequinha Ogã disse...

Vamos tentando vencer todos esses vicios para podermos seguir aos
braços de Deus.

Mauro França disse...

Fumo, bebo, sou orgulhoso, e guloso. na real acho que nunca
conseguirei melhorar. Que Deus tenha pena de mim.

Cassiana Ramos disse...

Ensinamento de muita sabedoria. Parabéns Carlos de Ogum.

Anônimo disse...

Saravá. Deus nos livre de todos os vicios que nos levam a afundar no
caminho.

Vera Carvalho disse...

Agradeço pr mais um texto de luz. Blog sensacional

Anônimo disse...

Acho que dessses vicios o pior pra mim vencer é a gula. Mas to
lutando pai

Rita Marinho disse...

Ai ai ai Pai Carlos eu to perdida é muito vicio; Que Oxalá me ajude

Milleninha Lopes disse...

Horrivel esses vicios. Sarava pai muito bom seu texto

Lionora Campos disse...

Demais uma lição de vida

Anônimo disse...

Tenho vicio de drogas. Não sei o que fazer. estou cada dia pior.Acho que estou me perdendo. A umbanda vai me ajudar. sou uma mulher forte e confio. janete

Clarinha Bitencord disse...

Paizinho acho que preciso muito de sua ajuda. Tenho vários desses tipos vicios, não tenho a minima ideia de como sair dessa roda gigante vicial. Acho que não terei mesmo condição, principalmente no que se diz de alguns sentimentos. Sua benção pai.

Anônimo disse...

Terriveis vicios que nos destroem

Anônimo disse...

Vicios e mais vicios malditos. Salve Deus

Laura Gonçalves disse...

Meu maior vicio é o orgulho, eu sei que e errado, mas não consigo me afastar dele.

Anônimo disse...

Belissimo texto. Parabens e axé

Anônimo disse...

Detesto meus vicios. Eles me levam ao fundo do poço

Anônimo disse...

Maravilhoso texto!!! É que tenhamos força pra lutar contra esses vícios.Priscila

Anônimo disse...

Pai Carlos preciso de ajuda estou sendo dominado por um vicio horrivel gostaria de conversar com o senhor sobre esse fato. Aguardo. Michael Fernandes

Carlos de Ogum disse...

Caro Michael, envie-nos um e-mail relatando o caso que tentarei lhe ajudar da melhor forma. O endereço é: umbanda.yorima.rj@gmail.com

Axé!

Postar um comentário

 
;