domingo, 10 de abril de 2016

COMO SABER VERDADEIRAMENTE SEUS ORIXÁS DE COROA

       

       

    Durante alguns anos conversando com muitos amigos ligados a
Umbanda, muitos consulentes que nos procuram com dúvidas disso ou
aquilo sobre a religião, tem uma dúvida, talvez a mais perguntada
dentre várias, seja por irmãos que se desenvolvem em terreiros, seja
por pessoas curiosas, seja por pessoas de outras religiões, enfim, por
qualquer tipo de pessoa que nos contactam para entender um pouco mais
sobre a nossa amada Umbanda, e essa pergunta é:

Como faço para saber meu Orixá de Coroa, ou Ori, ou mesmo ainda de
Cabeça?

    Dentre essas pessoas, muitas delas já vem com uma resposta
predefinida , ou porque alguém olhou para ela e disse que você é filho
de tal Orixá, ou que a pessoa tem afinidade por tal Orixá, e dai já é
filho desse Orixá, ou mesmo ainda que alguém pegou minha data de
nascimento e daí disse que meu Pai de Coroa é tal, ou minha mãe de Ori
é tal.

    Mas infelizmente tenho que decepcionar muitas pessoas, pois na
verdade não é tão simples assim.

    Se você que acredita que seu Orixá de Coroa seja aquele que alguém
lhe disse sem ter buscado essas informações de uma maneira correta, ou
que você buscou em sites que lhe prometem uma informação verdadeira
sobre esse fato, ou mesmo se você acreditou que por sua data de
nascimento já está com a resposta de quais são seus Orixás, melhor
rever tudo isso, mesmo se tem uma paixão pelo Orixá informado. Claro
que esse carinho pelos Orixás não tem porque mudar, mas acreditar que
o que você tem esse amor seja seu Pai ou mãe de cabeça é um erro que
pode deixar algumas marcas grandiosas em sua vida espiritual.

    Portanto não custa nada sabermos a verdade de uma forma expressiva
e sem rodeios, saber de verdade quem são nossos Orixás de Coroa, e
mesmo assim, amar todos os Orixás, sempre respeitando cada um como
assim nos compete.

    Antes de tudo gostaria de frisar que já ouvi muitas pessoas
falando que meu Orixá é tal, e que foi visto em um jogo de Búzios.
Então sempre pergunto: E qual são os outros Orixás de sua Coroa?

    Normalmente a pessoa fica sem resposta, pois isso não foi dito
pelo nosso amigo "Jogador de Búzios".

    Então vamos iniciar assim, todos nós temos três Orixás na Coroa,
que tem que ser apresentados como o Pai, a Mãe e o Terceiro Santo de
nosso Ori. Na junção desses três Orixás se forma o triângulo da Coroa,
sendo em cada vértice um Orixá, tendo a base composta do Pai e a Mãe
de sua Coroa, e na ponta seu Terceiro Santo. Imaginemos um triângulo
na qual as vértices da base desse triângulo entrelacem as fontes, se
interligando por uma linha imaginária entre eles, e mais duas linhas
subindo em diagonal até o topo da cabeça, bem no centro, parte
conhecida como coronário, se fechando em um só ponto, que seria a
vértice superior do triângulo, que nesse caso seria o ponto do
Terceiro Santo da Coroa, portanto se em um jogo de Búzios não for dito
e especificado esses três Orixás, certamente esse jogador não está
preparado para fazer um jogo sério e honesto para demonstração dos
Orixás da Coroa de Alguém.

    Como foi dito acima muitas pessoas pregam que daria para verificar
os Orixás através da data de nascimento, mas essa colocação é errônea,
pois os Orixás são determinados no momento da concepção, ou seja, no
mesmo instante em que o óvulo da mãe está sendo inseminado.


    Os Orixás são forças da natureza que vibram tanto abaixo da
atmosfera quanto acima dela. Essas forças giram de forma diagonal na
camada terrestre, fazendo assim que volte e meia uma força dessas
vibre com a outra ao passarem no mesmo ponto, e isso com a rotação
terrestre faz com que essas forças se encontrem em diversos pontos de
tempo e de espaço uma com as outras.

    Explicando melhor, essas forças são chamadas de Orixás, vamos
imaginar que em um certo ponto qualquer do planeta, e em certo
momento qualquer do tempo, nesse giro de força e dentro da rotação do
planeta, se encontre os Orixás Ogum, Oxum e Xangô, e nesse mesmo
instante o óvulo de uma mulher esteja sendo inseminado, no momento
exato
dessa inseminação, ou seja na concepção de um novo ser, está sendo
designado o Pai, a Mãe e o Terceiro Santo desse novo ser, que nesse
exemplo dado seria Ogum, Oxum e Xangô. No caso não determinado em
qual posição do triângulo da Coroa ficariam, pois isso dependeria do
grau de irradiação e tempo de vibração de cada um dos Orixás no
momento de concepção do novo ser.

    Especifiquei esses detalhes para que possamos entender que a
verificação dos Orixás de Coroa é algo extremamente complexo, que está
fora da inteligência humana, portanto é algo que só pode ser visto
através de forças divinas como Entidades de Luz ou Jogo de Búzios (que
também são respostas de forças divinas como Entidades e Orixás). Não
devemos confiar em palavras de vaidade de pessoas que dizem saber seus
Orixás sem uma colocação divina.

    Vou frisar outra colocação muito importante também a quem
busca entendimento sobre Pai e Mãe de Coroa. Sempre escuto muitas
pessoas dizerem que tal Exú, ou Pombo Gira, ou Caboclo, ou Preto Velho
ou qualquer Entidade é Pai ou Mãe de sua Coroa, pois assim foi dito em
tal Terreiro que foi, por tal Entidade. Isso também é um erro
grandioso, primeiro porque Pai ou Mãe de nossa Coroa são Orixás, e
Caboclos, Exús, Pombo Giras, Pretos Velhos, enfim, todas essas
divindades são Entidades de Luz. Entidades de Luz trabalhadoras pela
caridade, que vem ou não, em incorporação em um médium desenvolvido
mediunicamente e espiritualmente, para fazer seus trabalhos de
auxiliar a quem necessita, e eles estão ali por determinação do Pai
Maior (Zambi ou Deus) e também pelos Orixás.

    E quem rege nossa Coroa, sendo Pai, Mãe e Terceiro Santo, são os
Orixás (Oxalá, Ogum, Xangô, Oxossi, Obaluaiê/Omulú, Oxum, Iansã,
Iemanjá, Nanã Buruquê), e as Entidades de Luz estão extremamente
cientes dessa forma de colocação, portanto nenhuma dessas Entidades de
Luz diria a uma pessoa que tal Entidade fosse Pai ou Mãe de Coroa, se
já ouviram isso em alguma casa de Umbanda vindo de algum médium se
dizendo estar incorporado, ou esse médium não estava em um bom dia,
ou estava tomado pela vaidade, ou simplesmente mistificando e tentando
enganar o consulente, mas jamais estaria com uma Entidade de Luz em
sua incorporação.

    Abaixo vamos descrever as possibilidades verdadeiras para um
consulente saber quais Orixás tem em sua Coroa.

    As três formas existentes de sabermos nossos Orixás de Coroa, isso
claro se for autorizado a nos dizer e que esteja dentro do tempo de
nos informar é da seguinte maneira:

    Poderá ser em um jogo de Búzios, e esse jogo deverá ser feito com
um jogador de extrema honestidade, que esteja preparado para tal
trabalho. Digo honesto pois muitas pessoas se dizem jogadores de
Búzios, mas infelizmente são charlatões, e se utilizam da nomenclatura
"Pai de Santo Jogador" para absurdas cobranças em dinheiro,
inventando, induzindo, mentindo a seus consulentes, e assim poder
tirar mais dinheiro de uma forma extremamente desonesta, com uma
agravante um tanto maior que é fazer o consulente crer que um possível
Orixá rege sua Coroa, mesmo sem a certeza plena desse fato. Frisando
que dessa forma o consulente deverá estar presente no momento do jogo
de Búzios, portanto dessa maneira não teria como ser feito a distância
como é pregado por muitas pessoas más informadas.

    Outra forma correta de ser mostrado os Orixás de Coroa é por um
Zelador de Santo preparado mediunicamente, através do desenvolvimento do
médium que deseja saber seus Orixás. Essa forma o médium em questão
deverá fazer parte de uma casa de Umbanda como filho, deverá estar em
desenvolvimento mediúnico e espiritual sobre o comando desse Zelador
de Santo, e essa demonstração é feita através das informações dadas
por Entidades de Luz como Pretos Velhos ou Caboclos, incorporados na
Coroa do Zelador de Santo. Normalmente essas Entidades são Mentoras do
Zelador, e podem ver esses Orixás através dos Búzios ou do modo de
trabalho de cada uma dessas Entidades. Quando são feitos outros tipos
de trabalhos para essa verificação, como verificação na água, na
fumaça do cachimbo ou charuto, na própria cabeça do médium (analisando
pontos da coroa que determinam os Orixás), normalmente após é feito o
jogo de Búzios para a confirmação. É claro que como lógica o
consulente que deseja saber sobre os Orixás de Coroa deve estar
presente no momento dessas colocações.

    A terceira forma de verificação dos Orixás de um consulente pode
ser feita através de um Mentor de uma casa de Umbanda, incorporado na
Coroa do Zelador dessa casa, e é feita através de um jogo de Búzios,
mesmo sem a presença física do consulente que deseja saber sobre seus
Orixás de Ori.

    Esse caso é bem mais raro, e é só feito se o médium consulente
estiver com uma extrema vibração dos Orixás, e após uma imantação
sugerida pelo Mentor da casa, que está se buscando as respostas para
esse consulente.

    Normalmente essas imantações podem ser com banhos de ervas, velas
de cores diversas, defumadores variados, nos dias e tempo  determinado pelo
Mentor que irá fazer o jogo de Búzios a distância, tudo isso dentro da
autorização dos próprios Orixás a serem revelados. Esse tempo de
imantação vai depender do grau de mediunidade, da verdadeira vontade
em saber quais Orixás fazem parte da Coroa, da vibração de cada Orixá
no Ori do Médium consulente, além da autorização a ser feito isso,
claro.


    Finalizando, gostaria de frisar bem que de forma nenhuma vamos ter
o prazer de saber nossos amados Orixás de Coroa de outra forma, nunca
devemos deixar-nos enganar por pessoas de má fé, se dizendo
Zeladores de Santo, e inventando Pais e Mães de Coroa somente por
desejar mostrar algo, e desse algo fazer cobranças absurdas em
dinheiro, ou apenas para demonstrar que pode fazê-lo, e assim nessa
enganação demonstrar poder, elevando a vaidade e o próprio ego.

    Ter certeza dos Orixás de sua Coroa é algo maravilhoso. Vamos amar a
todos os Orixás, mas os que estão tomando conta de seu Ori,
demonstrando muitas vezes a personalidade que lhes acompanham, dando
proteção e caminhos ao filho amado e um sinal de extremo respeito.
Portanto não se deixem enganar para não desrespeitar nunca seus Orixás
de Coroa.


Salve todos os Orixás!

Salve o Ori de todos os irmãos!

Salve meu Pai Ogum, minha Mãe Oxum e meu Terceiro Santo Xangô!

Carlos de Ogum.



96 comentários:

Aninha de Iemanjá disse...

Maravilhoso ensinamento, Padrinho!
E como o senhor mesmo deixou claro: Tudo ao seu tempo e com a permissão dos Orixás que nos regem.
Não adianta ansiedade, pois, mesmo sem saber quais são, os Orixás de nosso ori estaram conosco nos protegendo, basta seguir os caminhos de luz.

Salve minha Mãe Iemanjá, meu Pai Ogum e minha Mãe Iansã!
Salve todos os Orixás!
Axé!

Sheila disse...

Obrigada por esse esclarecimento, tinha dúvidas quanto a forma de saber quais são os meus oris.
Grata.
Asé

Unknown disse...

Pai Carlos de Ogum, e o que dizer de fatos como:
Desdobramento astral com um determinado Orixá;
Sentir maior vibrações de determinados Orixás;
E, suas características psicológicos e até fisicas.
Elas podem DAR PISTAS sobre quais orixás somos filhos?
Que Oxalá te ilumine!
Luiz Carlos.

finish disse...

Para quem nada sabe da mística em torno dos orixás, entidades de luz etc etc , como é o meu caso, é muito esclarecedor ler um texto tão educativo e didático como esse seu Pai Carlos de Ogum. Tem o meu profundo respeito e gratidão!
Que Deus o abençõe sempre!
Ana Ferreira

finish disse...

Não frequento nenhum terreiro, tampouco conheço algum idôneo. Tenho interesse em saber quais são os meus Orixás.
Mto agradecida!
Ana

Tadeu Moraes disse...

Sensacional ensinamento meu amigo Carlos. Nota mil pra você. Abraços e saravá.

Valderly Lemos Ribeiro disse...

ótimo artigo , muito esclarecedor ,frequentemente somos vitimados por essas pessoas que tentam adivinhar ou nos fazer crer em algo para obter algo de nós.
Grata
Paz e Luz !

Amanda disse...

Obrigado Pai, sempre quis saber sobre esse tema. Axé

Josimar Fonseca disse...

Que aula. Parabéns. Salve os Orixás

Flavinha disse...

Pai precisava falar mais sobre esse assunto com o senhor. Vou entrar em contato. Beijos e axé

Maisa Ramos disse...

Texto de extrema valia. Parabens e muito obrigado por compartilhar

Cris disse...

Amei essas informações. Axé e obrigadão.

Henrique disse...

Muito bom esclarecimento assim deve ser

Alanna disse...

Para mim foi um verdadeiro presente, sempre quis entender mais sobre Orixás de coroa. Obrigado e sarav´w Umbanda

Anônimo disse...

Amigo Carlos de Ogum, hoje seu texto se superou, eu precisava muito de algo assim para enviar a muitas pessoas que me procuram com o intuito de saberem sobre seus Orixás de Coroa. Muitos chegam a mim já dizendo que seria filho ou filha de tal Orixá, mas sempre que indago como souberam, dizem várias coisas, como datas de nascimento, linhas das mãos, e acredite meu amigo, até pessoas que dizem Orixás de Coroa pelo formato das nuvens, cada coisa que até Zambi duvida. Mas novamente veio você com sua luz e inteligencia espiritual umbandista e mostra em palavras claras e verdadeiras o como deve ser as coisas. Muito obrigado, e pediria permissão para utilizar esse texto dentro de minha casa para ser entregue a algumas pessoas. Desde já lhe agradeço. Um grande axé a você meu amigo de Luz. Saravá Ori. Mãe Maria de Oxum.

Graziella disse...

Depois de ler esse texto eu vi como fui boba em acreditar em uma certa pessoa que me levou um dinheiro e falou só asneiras. Disse até que eu era filha de uma Entidade de Luz. Agora entendo a diferença. Lições todos os dias nesse blog divino. Obrigado

Anônimo disse...

Adorei esse post Sarava pai

Pietra Leite disse...

Poxaaaa queria muito saber meus Orixás. Como é complicado né. Um dia ainda descubro. Beijos a todos e saravá

Anônimo disse...

Caro Carlos, seu texto me deixou apreensivo. Um certo Pai de Santo, sem estar incorporado me disse que sou filho de Xangô com Iansã, não teve confirmação, mas de verdade nunca me senti filho de Xangô, respeitava o Pai de Santo pelo nome, mas não confiei muito sobre minha coroa. Agora então fiquei na corda bamba. Que me aconselha a fazer? Rodolfo Marques

Zilá Rocha disse...

Texto muito maravilha. Aprendi demais. Axé pai

Fabiana Quartezane Freire disse...

Parabens pai seu texto me deu muita luz. axé

Rogério Santana disse...

Disseram através de um Pai de Santo que sou filho de Ogum, será que tenho que confirmar nos Buzios?

Julio Francisco disse...

Uma maravilhosa postagem para quem deseja realmente entender sobre as coisas de Umbanda Parabens

Anônimo disse...

Gostei demais. Obrigado senhor Carlos. Liçoes sempre bem vindas

Rafaela Marinho disse...

Lição adoravel que nos faz entender que ser apenas curioso nada adianta. Parabéns.

Adriana Dias disse...

Obrigado pai carlos. Texto mil

Marcelo Junior disse...

Pai Carlos de Ogum,

É possível uma pessoa ter como santos de cabeça três orixás masculinos ? Ou é obrigatório ser um orixá masculino, um feminino e o terceiro orixá, pode me explicar essa questão ? Grato desde já.

Mauricio disse...

Senhor Carlos, foi jogado para mim os Buzios, e foi dito que sou filho de Ogum, Nanã e terceiro Ogum de novo, pode isso? Axé

Anônimo disse...

Amei. Muito bom. Abraços

Simone disse...

Pai agora fiquei muito na duvida dos meus Orixás. Acho que fui enganada.

Maria Aparecida disse...

Obrigado Carlos por essa lição divina e assim nos faz entender que tem muita gente pilantra por ai vendendo informaçoes erradas. Axé

Mario Cassiano disse...

Maravilha. Saravá

Marilia Freitas disse...

Seu Carlos de Ogum, precisava tirar mais duvidas com o senhor sobre esse texto. adorei suas explicaçoes, porem minha cabeça agora deu um nó. Abraços.

Fabiana Quartezane disse...

Sua benção. E parabéns pelo texto belo de grande valia. Axé.

Marcelinha disse...

Lições belas para nós que estamos iniciando nessa caminhada bela.
Salve.

Catarina Almeida disse...

Ah se todos pais de santo tivessem essa visao de caridade para nos ensinar cada passo. A Umbanda estaria mais linda ainda. Obrigado querido Carlos de Ogum.

Rafanny disse...

Pai Carlos me ajuda a descobrir os meus Orixás?

Mileninha disse...

Queria saber meus Orixás. Vou lhe mandar um e-mail para
conversarmos. Saravá.

Renatinha Marchiolli disse...

Esse texto é muito importante. Sei agora que devemos ter muito
cuidado. Axé pai.

Rafaelly Sampaio disse...

Querido Pai Carlos, sou de Petrópolis tenho 16 anos e fui em uma casa em
Três Rios e lá me disseram que sou filha de Iansã e Oxossi, porém não
foi jogado os Búzios, gostaria muito de conversar com o senhor
pessoalmente. Seu jeito de colocar as coisas sobre a religião me
encanta, sei que todos os Pais de Santo deveriam agir com essa
responsabilidade e com esse carinho e verdade em mostrar as coisas,
queria muito mesmo conhecer você, se possível me indique como posso ter
esse prazer e assim poder tirar algumas dúvidas pessoais. Minha mãe
Marilda Sampaio está lhe mandando um grande abraço, disse ela que também
se encanta com suas palavras no twitter, assim como eu. Aguardarei
ansiosa. Grande axé e beijos.

Anônimo disse...

Muito bom parabens

Anônimo disse...

Seu texto me abriu um novo entendimento. Obrigado Carlos.

Carlos de Ogum disse...

Cara Rafaelly, nos mande um e-mail para podermos conversarmos; o endereço: umbanda.yorima.rj@hotmail.com

Axé!

Carlos de Ogum disse...

Caro Maurício, não, não pode! pois nenhum Orixá roda duas vezes na coroa de um médium.

Axé!

Carlos de Ogum disse...

Caro Marcelo, não é possível termos três Orixás masculinos, ou três Orixás femininos na coroa. A formação da coroa é chamada de triângulo do Ori, cada vértice desse triangulo significa um Orixá. Toda base é composta pelo Pai e pela Mãe de coroa, e o Terceiro Santo fica no vértice superior; sendo assim, o vértice superior independe de ser Orixá feminino ou masculino, mas a base, obrigatoriamente, tem que ter um feminino e um masculino.

Axé!

Carlos de Ogum disse...

Caro Rogério, conforme descrito no texto acima, logicamente terá que confirmar.

Axé!

Carlos de Ogum disse...

Caro Rodolfo, aconselharia você à procurar um jogador de búzios honesto e preparado para o trabalho.

Axé!

Carlos de Ogum disse...

Querida Mãe Maria de Oxum, será um prazer e um orgulho para nós da TUPOM podermos auxiliar com nosso humilde texto em sua casa tão iluminada.
A sua benção!
E que Pai Ogum nos abençoe!

Axé!

Carlos de Ogum disse...

Caro Luiz, dentro da linha Umbandista, podemos supor a possibilidade de sermos filhos de tal Orixá dentro de algumas formas citadas por você. Porém, apenas suposição; pois a confirmação só é dada através do jogo de búzios feito com honestidade e por um jogador preparado para tal.

Axé!

Amanda disse...

Pai Carlos amado, amei demais seu texto. Saravá.

Suzana Mendes disse...

Maravilha de texto. Mas uma duvida pequena qual a diferença entre a
concepçao de um ser e o nascimento de um ser. Se não tem essa diferença
poderemos então saber os Orixás através de data de nascimento não é?
Obrigado.

Raquel disse...

Um texto de muitos ensinamentos pra nim. Agora não serei mais enganada.

Gustavo Dias disse...

Carlos, se eu souber apenas um Orixá da minha coroa, assim como já me
falaram, eu deverei saber quais os outros?

Anônimo disse...

Otima explicaçao. Parabens

Anônimo disse...

Parabéns. Muito bom texto

Catarina Batista disse...

Salve Pai Carlos, como sempre você mostrando a realidade dentro da
Umbanda. Se todos fizessem isso seria muito mais facil acompanhar a
religião. Sou sua fã, e tenho um desejo muito grande de conversar com
você pessoalmente. Paz meu Pai amado.

Anônimo disse...

Parabéns. Agora entendemos muito mais sobre Orixás de Coroa. Sua benção
e beijos das gêmeas Aline e Andressa.

Anônimo disse...

Muito bom texto. Saravá

Maria Isabel disse...

Axé Pai Carlos. Obrigado por nos presentear com esse ensinamento.

Ruy Peixoto disse...

Salve os Orixás. Otimo detalhamento da verdade Parabéns.

Maristella Coutinho disse...

Precisava muito falar com o senhor Pai Carlos de Ogum. Acho que estou tendo um problema por causa de uma informaçao errada sobre meus Orixás. Uma mãe de Santo, desculpa, uma senhora se dizendo passar por mãe de santo, me disse coisas terriveis e era para eu ter que fazer algo para meus Orixás, só que esse algo ia custar muito $$$. Me ajuda? Aguardo com carinho.

Mayara Gatinha Carioca disse...

Sensacional. Isso acaba com muitos mitos desses pilantras que se travestem de pai de Santo enganando os outros a troco de dinheiro. Pai Carlos o senhor e nota mil.

Neyde Marchiolly Amaral disse...

Olá, uma perguntinha querido Pai Carlos. Sei que estamos distantes, eu sou de Goiânia GO. Mas tenho parentes no RJ, pelo que li você é de Petrópolis, então gostaria muito de ir eu e minhas filhas a uma consulta com seus guias maravilhosos para falarmos de Orixás de Ori, no caso iria eu Neyde (35 anos) minha irmã Mara (29 anos) minhas filhas Jaquelynne (17 anos) Jacyara (15 anos) e a Jadde (13 anos), gostaria de saber mais sobre nossos Orixás, se poderemos marcar, se tem como marcar antecipadamente. Todas nós adoramos tudo que você escreve, seus textos do blog viraram um livro de cabeceira da minha filha Jadde, e como não encontramos ninguém aqui com tanta clareza e responsabilidade, sem falar no carinho que responde a todos, gostaria muito mesmo de fazer essa visita. Grande beijo de todas nós. Sua benção e axé.

Anônimo disse...

Se todos fossem diretos e verdadeiros assim seria otimo. Parabéns

Gizele Aquino disse...

Perfeito!!
É isso mesmo existem formas corretas de se saber os orixás de cabeça e algumas pessoas se aproveitam desta situação visando o lucro que vão obter exigindo fortunas das pessoas.
Meus pais são Ogum e Yemanjá não sei meu terceiro santo, mas considero todos pais e mães porque quando preciso todos me auxiliam.
Axé

Lucas Pinho disse...

Agora sim posso procurar saber meus Orixás sem medo de ser enganado.

Manoel Santos disse...

Será que sou mesmo filho de Ogum? Agora estou na duvida.Axé

Claudio Lima disse...

Olá, boa tarde!!
Eu também fiquei sabendo dos meus através de um cara que conheci. Ele é mora em Salvador, percebeu e jogou o ifá pra mim dizendo a informação. Mas depois do texto lido, eu já não sei se é ou não verdade. Entretanto respeito todos os Orixás, Caboclos, Pretos Velhos, etc. Graças a Deus!!!

Fátima Regina disse...

Pai Carlos uma mãe de santo fez um jogo pra mim e disse que eu era filha de Oxossi e Maria Padilha. Eu até actreditava at´[e ler seu texto. Acho que fui enganada, e a safada me cobrou 250 reais.

Julio Sampaio disse...

Um grande abraço pai carlos texto foi de muita valia pra mim sarava

Marília Santos disse...

Obrigado por esse belo texto. Muito ajuda quem só declara a verdade sem tentar distorcer as coisas para vantagem própria. Muito bom saber que posso confiar em pessoas como o senhor. Agradeço de coraçao.

Anônimo disse...

Gostaria muito de saber meus Orixás. Adorei esse texto verdadeiro. Gustavo

Adélia França de Amorim Cardoso disse...

Senhor Carlos de Ogum, me falaram que sou filha de Iemanjá, porém não foram jogados os Búzios. não me falaram nada de pai nem de terceiro santo, tenho muito carinho por Iemanjá, mas na verdade não me sinto filha dela, gostaria muito de poder comprovar isso. Sei que devemos ter um jogo de Búzios, mas na minha cidade não sei como achar algo assim, pediria ao senhor a autorização de lhe poder mandar um email para falarmos mais disso. Mesmo se tiver que ir a sua cidade eu iria com prazer. Obrigado pela atenção. Axé para o senhor.

Pai João de Xangô disse...

Parabéns pela honestidade. Saravá e salve a Umbanda

Marley disse...

É isso ai Pai Carlos, Orixás de Coroa é algo que traz muita curiosidade e muita gente usa disso para arrancar dinheiro dos curiosos inventando coisas que nada tem a ver. Parabens pelo seu texto honesto.

Pietra disse...

Divino Pai Carlos. Uma aula,

Carlos de Ogum disse...

Cara Adélia, realmente só através dos búzios poderá comprovar seus Orixás de coroa. Fique à vontade em nos mandar e-mail para esclarecer qualquer tipo de dúvida que tenha; estaremos à sua disposição.

Axé!

Carlos de Ogum disse...

Cara Fátima, acredito que essa senhora à enganou realmente. Maria Padilha é uma Entidade de Luz e não um Orixá, sendo uma Entidade de Luz ela vai trabalhar em prol da caridade, auxiliar a quem necessita, mas não pode ser vista como a regente da coroa, que cabe exclusivamente aos Orixás.

Axé!

Carlos de Ogum disse...

Cara Neyde, deixo o nosso e-mail umbanda.yorima.rj@gmail.com para que você possa entrar em contato sobre uma possível visita e para retirar suas dúvidas. Desde já agradecemos o carinho conosco.

Axé!

Carlos de Ogum disse...

Cara Maristella, antes de qualquer coisa, pediria à você a não levar a sério o que foi dito por esta pessoa, pelo visto é apenas mais uma espertalhona tentando promover o medo, e assim cobrar por algo que não existe. Deixo abaixo o meu e-mail para qualquer tipo de dúvidas que você tenha. Fique à vontade para nos contactar.
umbanda.yorima.rj@gmail.com

Axé!

Carlos de Ogum disse...

Caro Gustavo, certamente que sim! Devemos saber todos os Orixás de coroa através dos búzios.

Axé!

Carlos de Ogum disse...

Cara Suzana, a concepção do ser é o exato momento em que o espermatozoide fecunda um óvulo. O nascimento do ser é exatamente o momento no qual a criança sai do ventre para a vida externa. Portanto, temos uma diferença de, na média, 9 meses.

Axé!

Mara Rubia disse...

Saudação Carlos de Ogum! Saudação à todos! Fui informada que tenho 3 Orixás masculinos: o de Cabeça, o Adjuntó e o Ancestral. O de Cabeça e o Ancestral tenho certeza absoluta que está certo. O Adjuntó foi novidade pois me falaram exatamente isso, de que tinha que ser uma mulher, mas não me identifiquei com as características dos filhos da que achavam que era e nem com nenhuma outra. A personalidade dos filhos desses Orixás masculinos são exatamente a minha personalidade e a consulta foi feita em uma casa séria e recebi a confirmação do próprio Orixá Adjuntó durante uma incorporação. A Orixá mulher a qual seria minha mãe, está em um de meus Odus. Acredito que essa obrigação em ter homem e mulher nos três Orixás não seria algo obrigatório sendo que cada um tem uma missão colocada aqui na terra... e pela minha missão, tenho certeza de que uma Orixá mulher me regendo, não teria forças suficiente para enfrentar o que preciso passar e executar. Gostaria das opiniões. Gratidão!

Carlos de Ogum disse...

Cara Mara, realmente em todo Ori tem que ter um Orixá masculino e um feminino, assim como pólo negativo e positivo dentro dos trabalhos devem ser respeitados. Se estamos falando de Umbanda, como tradição, não se incorpora Orixá para que ele se confirme a presença no Ori. Não depende de acharmos que nossa personalidade bata ou não com os dizeres da personalidade de um Orixá para que sejamos filhos dele; portanto, isso independe. Sobre você achar que sua missão nesta incarnação é algo que tenha que levar o máximo de força, e por esse motivo você tem 3 Orixás masculinos na coroa, você está expressando algo que discrimina os Orixás femininos, pois não tem esse ou aquele Orixá melhor, ou mais forte; todos tem a força da natureza, tendo a força da natureza, tem a força de Deus. Então independe de ser um Orixá feminino ou masculino para qualquer tipo de missão que o médium tenha na vida.

Axé!

Gabrielle Shinaaider disse...

Pai Carlos gostaria de uma ajuda por favor, sou da religião a 5 anos tenho 23 anos agora, e estou no segundo terreiro de minha caminhada, porém no primeiro terriro jogaram buzios pra mim e disseram que sou filha de Iemanjá com Ogum, e nesse segundo jogaram e disseram que sou de Iansã com Oxossi. Fique sem saber em quem confiar, pediria um auxilio. Confio demais em você. Agradeço. Beijos e paz

Carlos de Ogum disse...

Cara Gabrielle, me mande um e-mail com essas informações que seremos a terceira opinião para ti, caso uma dessas colocações estejam corretas, lhe avisaremos, caso não tenha acerto algum, lhe passaremos o que deverá ser feito, talvez possamos te dar as informações verdadeiras, dentro da autorização de meu Mentor Rei Congo. E certamente será passado juntamente ao Pai e Mãe de Coroa, o terceiro Santos e demais informações que deverá saber. o E-mail é umbanda.yorima.rj@gmail.com

Paz e Axé!

Fabiana Oliveira disse...

Olá Carlos. Quero muito saber quem são meus orixás de cabeça.Mas fico com receio de pessoas com má intenção.Eu respeito muito mas tem pessoas que não. Muito obrigada vc esclareu algumas dúvidas minha.

Anônimo disse...

Muito bom texto parabens

Unknown disse...

boa noite gostaria de saber qual e meu orixas de cabeca pfv

Carlos de Ogum disse...

Caro(a) anônimo(a), a resposta está no texto. Vamos ler com mais atenção. Mais explicado que isso não tem como.

Axé!

Cheats Brasil disse...

Tem consulta online?

Carlos de Ogum disse...

Caro(a) Cheats, não! Atendemos apenas pelo e-mail: umbanda.yorima.rj@gmail.com

Axé!

Ursula Pontes disse...

Pai Precisava muito falar com o senhor. Um caso de muita urgencia sobre Orixás de Coroa. Poderia me passar um cel para eu te ligar. Obrigado.

Carlos de Ogum disse...

Cara Úrsula, contato apenas pelo e-mail. O endereço é umbanda.yorima.rj@gmail.com

Axé!

Fabiana Baptista Monteiro disse...

Bom dia pai Carlos, muito esclarecedor seu testo, porém me deixou com dúvidas frente as informações que me passaram na casa que frequentei, gostaria de poder sanar essas dúvidas com o senhor, aguardo ansiosa e desde já agradeço...Mto axé a todos

Carlos de Ogum disse...

Cara Fabiana, mande-nos um e-mail com suas dúvidas que tentarei lhe ajudar. O endereço é: umbanda.yorima.rj@hotmail.com

Axé!

Postar um comentário

 
;