quarta-feira, 20 de maio de 2015

Entendendo Sobre Amarrações Amorosas

               


    Vou começar esse texto falando do quanto me sinto incomodado e
perplexo com a quantidade absurda de e-mail's que recebo todos os dias
com o assunto: "Amarração Amorosa".

    Aliás, fico mais perplexo ainda com a quantidade de anúncios de
pessoas, se dizendo Umbandistas, que oferecem o tal trabalho de
amarração.

    Mas o que seria a tal amarração amorosa?

Quais os benefícios que ela pode trazer a quem pede uma?

A amarração funciona?

    Para essas e outras dúvidas é que resolvi escrever esse texto.

    A amarração amorosa é algo que algumas pessoas dizem fazer para
outras ficarem "apaixonadas", ficarem "debaixo de seus pés".

    É dito que se prende o espírito da pessoa desejada ao espírito da
pessoa que deseja, para que assim possam ter um relacionamento amoroso
eterno, feliz e cheio de cumplicidade.

    Mas para quem busca uma amarração dessa forma, sinto muito
dizer-lhes que isso não existe dentro da Umbanda. Só frisando que
estamos falando de Umbanda, a Umbanda que é religião, a Umbanda que
busca fazer a caridade, a Umbanda de Zambi, Oxalá, dos Orixás e
Entidades de Luz.

    A Umbanda prega e respeita o livre arbítrio das pessoas. Não
cobra, não força, não induz ninguém a fazer ou caminhar por caminhos
indesejáveis ou que vão contra a vontade de quem quer que seja.

    Se a dita amarração é uma indução forçosa a alguém entregar sua
alma e seu coração a outra, que por início não era de sua livre e
espontânea vontade, então não faz parte da religião de Umbanda.

    Sabendo-se que a Umbanda é uma Religião de Luz, de amor e
caridade, inteiramente ligada a Deus, nosso Pai Maior, quer dizer que
a amarração não faz ´parte dos preceitos de Deus, não fazendo parte
dos preceitos de Deus, quer dizer que é o contrário do que chamamos de
"fazer o bem", portanto se é assim, a amarração amorosa, se caso
existir alguma, é algo que estará fazendo o mal a pessoa na qual foi
pedida para amarrar, se está fazendo o mal, como podemos chamar o
sentimento da pessoa que pediu de "amor"?

    Isso não é amor, não é carinho, não é paixão. É simplesmente um
desejo de ter algo que não conquistou, um egoísmo sem limites, uma
prepotência desumana e uma falta de amor próprio de grandes
proporções.

    Muitas vezes vemos uma pregação errônea de pessoas se dizendo
serem ligadas a Umbanda, tentando induzir ou demonstrar que a
amarração seja um sinônimo da religião. Essas pessoas colocam nomes
de Entidades divinas de Luz em seus preceitos falsos e manipuladores
para dar mais ênfase a suas mentirosas "magias de amarrações amorosas".

    É muito constante vermos os nomes de Entidades como Senhor Tranca
Ruas ou a Pombo Gira Maria Padilha nessas colocações. Vemos falsas
orações, vemos pedidos de trabalhos, entregas disso e daquilo, numa
proporção grandiosa, sem limites, sem noção, sem nexo, e claro, sem a
menor eficácia.

    Friso que de forma nenhuma uma Entidade de Luz, seja ela um Preto
Velho, um Caboclo, um Boiadeiro, um Erê, um Malandro, um Cigano, e
muito menos um Exú e uma Pombo Gira iriam entregar a sua evolução, o
seu trabalho de caridade, o seu precioso tempo quebrando a regra da
Umbanda, que é a de respeitar uma das coisas mais sagradas da
Religião, que é o livre arbítrio das pessoas.

    Portanto quando se é usado os nomes dessas Entidades nesses
rituais sem cabimento e falsos, isso vem do ser humano, tanto vem do
consulente, que está em desespero por ter  "perdido" uma pessoa que a
sua prepotência insiste a dizer que é seu, ou vem de falsos espíritas
e falsos Umbandistas que se utilizam desses artefatos e desses
desesperos de ego dos consulentes para que assim os façam pagar
grandes quantias em dinheiro, mesmo sabendo que de nada vai adiantar
tal ação.

    A palavra é "Amor Próprio", vamos ser coerentes, se uma pessoa
decidiu que ficar a seu lado como um companheiro não lhe traz
felicidade, segurança, um caminho de luz, paz e amor, então porque
tentar forçar?

    Realmente é uma falta de amor próprio sem compreensão. Pois essas
ditas amarrações nada vão adiantar no que podemos entender de
relacionamentos, quanto mais se tenta fazer uma amarração, mais
distante a pessoa em questão vai ficar de quem buscou esses
artifícios.

    Toda essa propaganda que infelizmente vemos em todos os cantos,
com promessas de trazer seu amor em 7 ou 3 dias, de fazer seu amor
voltar, de fazer sua paixão ficar a seus pés, entre todas as falácias
que são ditas para enganar os consulentes, não existem dentro da
Umbanda.

    Exús e Pombo Giras não são adeptos a esses tipos de rituais sem
nexo. Os nomes dessas Entidades de Luz são usados sem o menor respeito
para induzir aos consulentes com falta de amor próprio a entrar num
caminho sem volta, com altos gastos em dinheiro e sem resultado algum,
aliás apenas com resultados para os que prometeram fazer a tal
amarração, o resultado de aumentarem seus ganhos econômicos com a
inocência de consulentes de baixa alta estima.

    É muito comum do consulente que vai pedir uma suposta amarração,
ao ser induzido, enganado e cobrado por isso, voltar a pessoa que
prometeu que a tal amarração funcionaria para dizer que fez tudo
certo, que entregou tudo que foi pedido, que pagou a quantia que foi
cobrada, dizendo que a tal amarração ainda não teria funcionado. E ai
estaria a deixa do falso "mago das amarrações" a fazer com que o
consulente acreditasse que ele seria impaciente demais e não estaria
dando tempo para que a suposta "magia" funcionasse, ou que o caso
seria mais grave que previsto e teria que reforçar a amarração. E
assim os falsos "magos das amarrações" fazem novas listas de pedidos,
novos trabalhos, novas entregas, usando desrespeitosamente nomes de
novas Entidades de Luz, e claro, novas cobranças em dinheiro, para
assim o seu dito amado volte ao convivio de um relacionamento falso e
cheio de desamor, não respeitando o livre arbítrio de cada um de nós.

    E tudo isso vira uma grande "bola de neve". Seu amor não voltará,
cada dia vai se distanciar mais, sua alta estima vai se afundando mais
e mais, seu amor próprio vai para o fundo de um poço infinito, sua
vida ficará cheia de espíritos sem luz, obsessores de todas as formas
e graus, pois você, com essas falsas entregas, estará trazendo para
junto de si essas cargas espirituais obscuras, alimentando Eguns,
Kiumbas e Espíritos Zombeteiros.

A Umbanda Não Amarra Ninguém. E Quem Faz Isso Usando O Nome Da
#Umbanda Vai Pagar Da Mesma Forma Que A Pessoa Que Pediu A Amarração.

    Para finalizar gostaria de frisar só um detalhe que leio muito nos
e-mail's que recebo todos os dias com assunto "amarração".

    Em muitos deles, sejam esses e-mail's vindos de homens, mulheres
ou qual for a opção sexual do consulente, vem frisado a seguinte
questão:

"Meu ou minha parceiro(a) me abandonou, ou saiu de casa, porque o(a)
amante dele(a) fez "macumba" ou "amarração" para que isso
acontecesse."

    Não. Não foi por esse motivo que seu(sua) parceiro(a) abandonou
esse relacionamento.

    Busque dentro de sua consciência, deixe o ego de lado, reflita
nessa colocação com o mínimo de coerência.

    Ou o relacionamento já andava desgastado, ou o parceiro se
encontrou em um novo tipo de relacionamento, ou a vida social,
económica ou a dois estavam com atribulações, e o casal não parou para
expor os problemas, deixando assim a vida andar até o ponto que não
tinha mais volta, ou simplesmente o amor acabou, ou a paixão cessou.

    São vários motivos para que um relacionamento se finde, são muitos
altos e baixos, são muitos caminhos, que muitas vezes não são só de
flores.

    E quando chega o limite, e infelizmente o relacionamento termina,
mesmo que para uma das partes seja extremamente difícil entender, é
muito mais simples dizer para as outras pessoas e para si mesmo que
tudo aconteceu por "magia", "amarração", ou "macumba". Não querendo
demonstrar a real causa de um problema, que as vezes vem se arrastando
por anos.

    E acreditando que pode ser uma suposta amarração vinda de um(a)
rival, vira presa fácil de falsos "amarradores de amor", fazendo assim
a tal "bola de neve" nascer e crescer.

    Portanto, dentro da Umbanda, com seus Orixás, suas Entidades de Luz e nosso Pai Maior que é Zambi (Deus), não existe essa falta de amor próprio, não existe essa prepotência de ego, não existe
amarração.


Umbanda Não Faz Amarração. Não Se Pode Tirar Um Dos Maiores Presentes Dados Por Deus. Livre Arbítrio!

Fio, Se Amarração Fosse Coisa Boa, Não Teria Motivo Pro Amor Existir.
Quem Ama Respeita A Vontade Do Outro. Conselhos Da Vovó Cambinda.



Carlos de Ogum

47 comentários:

Aninha de Iemanjá disse...

Quem ama não prende, não amarra, não faz mal para a pessoa amada. Amar é querer ver a pessoa a quem se destina esse sentimento feliz, seja consigo ou com outro alguém. Que as pessoas consigam entender isso e que parem de achar que amarração funciona, que o querer amarrar pode ser por amor, que se pode mexer no livre arbítrio de alguém e ainda mais que a Umbanda, ou qualquer outra RELIGIÃO fará parte disso.
Maravilhoso texto, Padrinho!

Axé!

Anônimo disse...

Sensacional. Essa é a palavra para descrever esse texto. Eu jamais li
algo de tanta coragem como essa denúncia aos falsos lideres religiosos.
Parabéns. Maria Clara Santana.

Vic pre disse...

Texto incrivél! Como sempre belas palavras e muito sabias!!

Muito axé!!

Anônimo disse...

Muito bem colocado. Amarração é algo imbecil demais. Falta de amor
próprio total. Manoel Castilho.

Anônimo disse...

Corretissimo esse post. Isso é uma falta de amor próprio além de uma
enganação que usa o nome da nossa Umbanda. Cristina Rodrigues.

Anônimo disse...

Gostaria de deixar claro uma coisa. Eu infelizmente já cai nessa
armadilha. Eu fui a um pai de santo para fazer amarração a um ex
namorado. O cara não voltou e eu perdi R$ 1800. Sei que fui idiota.
Obrigado por esclarecer.

Anônimo disse...

Caro amigo de fé, simplesmente maravilhoso seu texto. Sua colocação
corajosa me fez o admirar mais ainda. Faço essa pregação nos mais de 40
anos que estou na Umbanda, as vezes não entendo a hipocrisia de certos
Pais e Mães de Santo sobre esse tema amarração. Realmente você me
surpreende a cada dia com sua visão religiosa. Parabéns mais uma vez,
lhe considero um exemplo dentro da Umbanda. Mãe Maria de Oxum.

Anônimo disse...

Estou em uma etapa de um trabalho de amarração. A dona me disse que
levaria no máximo 7 dias para meu marido voltar. Já está fazendo 6 meses
e nada. Acordei com esse texto. Obrigado. MFC Brasilia DF.

Anônimo disse...

Meu Deus do céu. Que tapa na cara levei ao ler esse texto. Parei para
fazer o levantamento de tudo que gastei e quase dava para comprar um
carro. Realmente eu vacilei em acreditar nessas lorotas. Gostaria de
agradecer ao Senhor Carlos de Ogum por tanta honestidade colocada nesse
texto.

Anônimo disse...

Que texto bombastico. Muita gente deve estar se xingando. rsrsrs.
Adorei esse tema e essa lição. Claudinéia Coutinho.

Anônimo disse...

Pai eu tive que comentar esse texto e dizer que por meio passo eu quase entrei nessa de pagar a um charlatão por falsas promessas de volta de meu ex marido. E tenho que agradecer ao senhor que a um ano atras me mostrou que isso era tudo falsidade.

Obrigado.
Maria José

Anônimo disse...

Texto ótimo!!! Antes de qualquer coisa temos que nos amar e respeitar. Religião é nosso caminho a Zambi e temos que respeitar e não usar para tantas bobagem!!!! Respeito pela região, a nós mesmos e ao próximo, seria muito bom se todos compreendessem isso!! Priscila

Anônimo disse...

Opa opa opa. Enfim um texto que diz a verdade sobre amarra~ção. Adorei
ler isso e só tenho uma coisa a dizer. Eu te disse Maria Clara, suas
ameaças iam por agua abaixo um dia. E tá ai. nosso autor Carlos de Ogum
mostrando que tudo que você fez, desde entregas em encruzas até coração
de boi na minha porta, nada faria eu voltar para você. Toma.

Anônimo disse...

Que lição divina meu pai. Como sempre arrebentando e pisoteando na
falsidade. Parabéns

Anônimo disse...

Eu li e reli seu texto Carlos de Ogum, e te confesso que me tirou um
peso das costas. Fiz amarração e ainda não deu certo, e olha que já tem
9 meses e mais de 5 mil reais jogados no lixo. E eu ainda era taxada
como a pessoa que atrapalhava os trabalhos. E como me culpava por isso.
Muito obrigado por abrir meus olhos. APM - BH MG

Anônimo disse...

Muito bem senhor carlos. como dizem vudú é pra jacú. Amarração é pra
bobão. Adorei esse texto.

Anônimo disse...

Que sorte que li esse texto senhor Carlos. Estava entrando numa
paranóia e quase indo a uma senhora muito sorridente que me prometeu
esse tipo de trabalho para amarrar minha ex noiva que me abandonou e foi
morar com outro homem em um outro estado. obrigado. RFS Goiania GO

Anônimo disse...

Eu nunca acreditei muito em amarração. E agora acredito muito menos
ainda. Belo ensinamento.

Anônimo disse...

Só uma colocação. Eu perdi 2500 reais e nada. Esse texto está muito
certo. Fui enganado por falta de amor próprio. Aprendi.. PSS Salvador BA

Anônimo disse...

Amarrações não existem mesmo. Se existirem é na magia negra. E se tem
alguém que busca isso na magia negra não merece o amor de ninguém.
Camilla.

Anônimo disse...

Esse texto vai ser indicado a uma amiguinha minha. Sem brincadeira
ela ja vendeu um carro para trazer o seu namorado de volta e
nadinhaaaaaaa. Cansei de falar a ela para esquecer e partir pra outra,
mas é teimosa como uma mulinha a minha amiga. So um detalhe, já tem
quase 2 anos essa lenga lenga. Deveria ter maiis Carlos de Ogum por ai
pra fazer essa gente boba acordar. Parabeeeeens !!!!

Anônimo disse...

Uma lição maravilhosa meu amigo Carlos. Só para frisar no terreiro
que eu trabalho o Pai de Santo, nosso querido Pai João de Oxossi, não
aceita de maneira nenhuma essa conversa dentro do Terreiro. Ele diz que
é falta de respeito com a vontade das pessoas. Forçar jamais. Além de
claro não acontecer como muita gente espera. Sua benção Pai Carlos e
parabéns. Rodrigo de Iemanjá. Terreiro Pai Joaquim de Angola.

Anônimo disse...

Isso mesmo Pai Carlos, muita lorota e pouca realidade nesses
trabalhos de amarração. A Umbanda realmente respeita a vontade alheia, o
livre arbítrio de todos nós. Amarração não faz, nunca fez e nunca fará
parte da Umbanda. Paz a todos. Simone Cunha Santos - RJ

Anônimo disse...

A pergunta é: porque alguém acha que pode manipular o amor? Coisa
linda e sagrada, coisa bela e que traz felicidade. Nunca ninguém poderá
ser feliz tentando isso. Acho que além de amor próprio é um pouco de
falta de vergonha na cara. Senhor Carlos seu texto foi a melhor
colocação que já li sobre amarração e as mentiras elaboradas através
dela. Parabéns de verdade. Maurício Jonnas Rodrigues Pereira.

Anônimo disse...

Esse negocio de amarração é furada mesmo senhor Carlos de Ogum.
Experiência própria. Beth Goveia

Anônimo disse...

Amor próprio minha gente. Vão amarrar sapatos. Um pouco de amor
verdadeiro não faz mal a ninguém. Adorei seu texto Carlos. Gostaria
muito de conhecer seu Centro, pena que fica no RJ e eu sou de MS. Mas
parabéns por essa honestidade espiritualista. Rachel Fernandes.

Anônimo disse...

Sem tirar nem por. Cada dia que vem um texto novo aqui sei que
aprenderei mais sobre o que é ser umbandista. Maravilhoso. Axé.
Fabiana Schimith - Londrina

Anônimo disse...

E saber que tem um monte de gente que cobram horrores por essa farsa.
É isso ai Pai Carlos, nota mil para o senhor e esse texto mega
esclarecedor. Daniel Lima.

Anônimo disse...

E eu um dia acreditei em amarração. Depois de ler esse texto não sei
se fico com vergonha, não sei se meto a mão na cara da dona que me
enrolou ou se vou chorar na cama que é lugar quente. E eu perdi só 500
reais, quando a dona disse que era para reforçar a amarração e me pediu
mais 2500 eu desisti. Vai embora homem que você nem vale isso. kkkkkk.
TMS - Friburgo - RJ

Anônimo disse...

Pai Carlos eu nunca vi algo tão verdadeiro assim. Minha irmã entrou
nessa besteira de fazer amarração para o ex namorado, pegou um
emprestimo no banco no valor de 7 mil reais, entregou esse dinheiro para
a tal mãe de santo que a enrolou, fez ela comprar uma meia duzia de vela
e acender no cemiterio com umas coisas que nem sei o que era. Enfim, o
namorado se escafedeu com outra e minha esperta irmã ficou com uma
divida no banco e com minha mãe que pagou as velas e a coisa que não sei
o que era. Amarração coisa de trouxa. Aparecida Couto.

Tih Fanny disse...

Muito bom, pena que umas casas que se dizem UMBANDA adota essa "amarração".

Anônimo disse...

Perfeito.
Amor não se pede, não se implora, ele simplesmente nasce.
Amei seu texto, meus parabéns!
DCF

Anônimo disse...

Senhor Carlos, após ler seu texto eu precisei dar um testemunho. A um
ano atras minha prima me pediu para acompanha-la em um homem que dizia
ser Pai de Santo, e ele dizia fazer amarração. Dizia que no máximo 21
dias, em casos complicados, a tal magia iria acontecer. No entanto já
tinha se passado 3 meses e nada. O rapaz que minha prima desejava já
tinha se casado e muito feliz. Eu disse a ela para parar com aquilo pois
era besteira e ela já estava endividada com duas amigas, com a mãe e
com o irmão, num total de quase 5 mil reais. Após esses 3 meses ela foi
no tal homem para reclamar, e ele na maior cara de pau disse a ela que
era ela que estava com as energias baixas, e que deveria fazer um
trabalho para elevar essa energia e assim acabar de fazer a tal
amarração. Resumindo, ela tinha que pagar mais 3 mil para fazer sua
energia ficar legal e mais 2 mil para finalizar a amarração. Então ela
teve um estresse partiu pra cima do cara quebro um monte de coisas que
deu até policia. Que vergonha, imagine. Então li seu maravilhoso texto e
mostrei a ela, ela envergonhada só disse assim: "Como sou idiota!"
Rsrsrs. Parabéns Senhor Carlos o senhor foi divino nessas palavras que
vão ajudar muitos desavisados por ai. Axé. Maria Clara Santana de
Mello, o nome da minha prima e Fernanda Aparecida Santana Faria. Somos
de Osasco SP. Beijos.

Anônimo disse...

O senhor falou tudo nesse texto. Esse negocio de amarração e besteira.
Um rapaz que tentou fazer isso comigo pagou a uma Mãe de Santo um
dinheiro alto, e a mãe de santo que também me conhecia disse que para eu
sair dessa amarração teria que fazer um trabalho com ela, e ela queria
me cobrar 1500 reais. Eu perguntei se ela não tinha vergonha na cara, e
depois fui nesse rapaz e disse a ele para deixar de ser idiota pois eu
nunca iria ficar com ele. Ele disse que ia fazer mais uma amarração pra
mim, e gastou mais, e quanto mais tenta mais acho ele um abobalhado. E
nunca, mas nunca mesmo se deve confiar nessas coisas. Parabéns
novamente senhor Carlos. Carina Silveira Frazão.

Anônimo disse...

Sem muita explicação por minha parte, só quero dizer que concordo plenamente com esse texto magnifico. Em um momento de fraqueza fiz essa besteira, perdi dinheiro, passei vergonha, perdi a mulher que eu amava. Deveria ter lido esse texto antes. José Carlos Resende

Anônimo disse...

Uma maravilha de texto. Parabens e adorei esse tapa na cara que muita gente sem amor proprio levou. Repassei para minha amiga Dayane para ela passar para o irmão dela que colocou um monte de coisas na porta de minha casa dizendo a minha amiga que era para me amarrar, e depois de eu estar rastejando aos pés dele ele ia me esculachar. Pra você Guilherme Xavier, só tenho uma coisa a dizer. Ra ra ra ra. Toma esse belo texto na sua cara. Euzinha aqui nunquinha. Fui. Amanda Granado Bangú RJ

Anônimo disse...

Tema maravilhoso desse post. Inteligente e verdadeiro. Parabéns. Adorei também os comentarios. Axé Zuleide Faraco

Anônimo disse...

Atenção: Só estou comentando esse texto para deixar um aviso as pessoas idiotas como eu, sobre uma tal de Mãe Cristina que é de Florianópolis, que induz as pessoas a pagarem por um trabalho de amarração. Esses valores vão de R$ 600 até R$ 3000. E claro que isso não funciona. Assim como diz esse belo texto. Só quero avisar pois eu fui uma imbecil que caiu nesse conto do vigário. Uma pena que não li esse texto antes. Essa Mãe Cris é uma picareta e merece estar na cadeia. E eu uma idiota que mereci perder 1500 reais. Desculpem o desabafo. Mas nós merecemos, tanto eu como essa ladra. GRF Florianópolis SC

Andreia Dama disse...

Esse é um texto que deveria virar mandamento. Parabéns.

Anônimo disse...

Fui em um pai de santo do candomblé ele jogou os búzios(150,00), e o mesmo falou que poderia existir uma amarração/feitiço em mim...ele disse que minha energia estava negativa era um 7 negativo... E pra equilibrar minha cabeça eu deveria fazer um tipo de trabalho com ele... E o mesmo iria me cobrar 800,00 reais...

Carlos de Ogum disse...

Caro(a) anônimo(a), infelizmente temos pessoas de caráter duvidoso se utilizando do nome da religião, tanto de Umbanda como do Candomblé, para induzir e enganar pessoas mal informadas e, fazendo assim, que essas pessoas paguem por algo inexistente e sem coerência. A má fé dessas pessoas podem ser vistas como um crime, e devem ser denunciadas. Espero que você tenha sido inteligente o bastante para não cair na conversa de uma pessoa sem escrúpulos dessa forma.

Axé!

Ciganinha Carioca disse...

E tem gente que acredita né pai. Mas fazer o que, gostam de bancar idiotas e pagar por algo falso pra gente falsa. Obrigadão por esse texto por demais de legal. Beiiiiiijos.

Tadeu Miranda disse...

Esplendido. Amarraçao nao existe. E coisa do demonio, bruxaria. Quem faz isso deveria se envergonhar. Alem de ser uma falta de amor proprio e uma idiotice ter que pagar para que alguem goste de vc. Se nao consegue conquistar alguem e pq nao serve realmente pra nada e quem nao serve pra nada nao merece ter alguem. vergonha na cara isso sim. seu carlos parabens de verdade.

Andressa Costa Ramos disse...

Boa tarde Carlos de Ogum. Estava aqui lendo seu texto e decidi pedir ajuda. Tenho um problema um tanto incômodo. Tem um rapaz que quer ficar comigo de toda maneira, e ele disse que ia pedir a tia dele que tem um centro para me amarrar. Fiquei assustada com isso e falei a minha mãe. Juntas fomos ao centro dessa dona, e ela disse que ia sim me amarrar ao sobrinho dela pois ninguem pode dispensar um amor como o dele. Acho que a doninha era meio doida como o rapaz. E ela disse que ia fazer isso sim e que ninguem poderia desfazer. Carlos eu estou mega assustada e minha mãe também. Pediria orientações para o que devo fazer. Meu nome é Andressa Costa Ramos, tenho 17 anos, e sou de Blumenau SC. Agradeceria uma resposta. Abraços.

Carlos de Ogum disse...

Cara Andressa, a dica que eu daria para você é apenas se tranquilizar, não se importar com o que essas duas pessoas estão dizendo; pois esse rapaz, pelo que parece, juntamente com a sua tia, a única coisa que pode fazer contra você é fazer você perder tempo pensando nesse assunto. Amarração é algo inexistente, e mesmo se existisse, dentro da Umbanda, nunca iria acontecer nesse caso, pela prepotência da doninha. Fiquem tranquilas!

Axé!

Anônimo disse...

Cai nessa pai Carlos, sou idiota muito idiota, atravez de uma amiga fui a uma dona ela me arrancou 500 reais eu pagueim idiota idiota que sou, fiz a porcaria nada adiantou e hj ate tomei raiva do palhaço do cara. Alias palhaça sou eu. Queria ter conhecido você antes Pai Carlos. Amanda

Anônimo disse...

Precisava desse texto a um tempo atras. Eu sou tonta mesmo. Mas aprendi pai.

Postar um comentário

 
;