sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Saudação A Nossa Senhora Aparecida, A Padroeira do Brasil












    12 de Outubro é o dia de uma das mais e respeitadas Santas do
Brasil,.

    Nossa Senhora da Conceição Aparecida, a linda Santa negra,
padroeira de nosso Brasil, protetora de nosso povo, amada por milhões
de pessoas.

    Dentro da Umbanda, a querida Nossa Senhora da Conceição
Aparecida, é extremamente respeitada. Em muitos terreiros, num local
destacado em seus gongares, lá está ela, linda, radiante e amada
imagem, sendo saudada pelos seus devotos e filhos do terreiro.

    Dentro do sincretismo, Nossa Senhora Aparecida, tem sido colocada
em muitas casas de Umbanda, principalmente na Bahia, como a Orixá
Oxum, Mãe caridosa, de grande amor e ternura para com seus filhos.

    Também tem seu destaque nas linhas ciganas, na qual muitos deles
são devotos fervorosos da Santa Mãe Aparecida.

    Os ciganos brasileiros adoram Nossa Senhora de Aparecida, talvez
por causa de sua cor, e muitos a equiparam à Santa Sara Kali. Se não
têm uma imagem de Santa Sara, por ser difícil encontrá-la, por certo
possui em sua Thiera (barraca) ou casa uma imagem de Nossa Senhora de
Aparecida. Às vezes têm as duas. Em muitos acampamentos ciganos e
possível encontrar uma estátua da virgem negra depositada num altar de
uma das tendas cercadas por velas, incenso, flores, frutas e
alimentos.


História de Nossa Senhora da Conceição Aparecida:

    O rio Paraíba, que nasce em São Paulo e deságua no litoral
fluminense, era limpo e piscoso em 1717, quando os pescadores Domingos
Garcia, Felipe Pedroso e João Alves resgataram a imagem de Nossa
Senhora Aparecida de suas águas.

    Encarregados de garantir o almoço do conde de Assumar, então
governador da província de São Paulo, que visitava a Vila de
Guaratinguetá, eles subiam o rio e lançavam as redes sem muito sucesso
próximo ao porto de Itaguaçu, até que recolheram o corpo da imagem. Na
segunda tentativa, trouxeram a cabeça e, a partir desse momento, os
peixes pareciam brotar ao redor do barco.

    Durante 15 anos, Pedroso ficou com a imagem em sua casa, onde
recebia várias pessoas para rezas e novenas. Mais tarde, a família
construiu um oratório para a imagem, até que em 1735, o vigário de
Guaratinguetá erigiu uma capela no alto do Morro dos Coqueiros.Como o
número de fiéis fosse cada vez maior, teve início em 1834 a construção
da chamada Basílica Velha.

    O ano de 1928 marcou a passagem do povoado nascido ao redor do
Morro dos Coqueiros a município e, um ano depois, o papa Pio XI
proclamava a santa como Rainha do Brasil e sua padroeira oficial. A
necessidade de um local maior para os romeiros era inevitável e em
1955 teve início a construção da Basílica Nova, que em tamanho só
perde para a de São Pedro, no Vaticano.

    O arquiteto Benedito Calixto idealizou um edifício em forma de
cruz grega, com 173m de comprimento por 168m de largura; as naves com
40m e a cúpula com 70m de altura, capaz de abrigar 45 mil pessoas. Os
272 mil metros quadrados de estacionamento comportam 4 mil ônibus e 6
mil carros. Tudo isso para atender cerca de 7 milhões de romeiros por
ano.


Histórias de Milagres:


Milagres das Velas:

Estando a noite serena, repentinamente as duas velas que iluminavam a
Santa se apagaram. Houve espanto entre os devotos, e Silvana da Rocha,
querendo acendê-las novamente, nem tentou, pois elas acenderam por si
mesmas. Este foi o primeiro milagre de Nossa Senhora.

Caem as Correntes:

Em meados de 1850, um escravo chamado Zacarias, preso por grossas
correntes, ao passar pelo Santuário, pede ao feitor permissão para
rezar à Nossa Senhora Aparecida. Recebendo autorização, o escravo se
ajoelha e reza contrito. As correntes, milagrosamente, soltam-se de
seus pulsos deixando Zacarias livre.

Cavaleiro sem Fé:

Um cavaleiro de Cuiabá, passando por Aparecida, ao se dirigir para
Minas Gerais, viu a fé dos romeiros e começou a zombar, dizendo, que
aquela fé era uma bobagem. Quis provar o que dizia, entrando a cavalo
na igreja. Não conseguiu. A pata de seu cavalo se prendeu na pedra da
escadaria da igreja ( Basílica Velha ), e o cavaleiro arrependido,
entrou na igreja como devoto.

A Menina Cega:

Mãe e filha caminhavam às margens do rio Paraíba, quando
surpreendentemente a filha cega de nascença comenta surpresa com a mãe
: "Mãe como é linda esta igreja" (Basílica Velha).

Menino no Rio:

O Pai e o filho foram pescar, durante a pescaria a correnteza estava
muito forte e por um descuido o menino caiu no rio e não sabia nadar,
a correnteza o arrastava cada vez mais rápido e o pai desesperado pede
a Nossa Senhora Aparecida para salvar o menino. De repente o corpo do
menino para de ser arrastado, enquanto a forte correnteza continua e o
pai salva o menino.

O caçador:

Um caçador estava voltado de sua caçada já sem munição, de repente ele
se deparou com uma enorme onça. Ele se viu encurralado e a onça estava
prestes a atacar, então o caçador pede desesperado a Nossa Senhora
Aparecida por sua vida, a onça vira e vai embora.


    Essas são histórias contadas pelo povo, ano após ano, que
podemos ouvi-las em todos os cantos do Brasil, principalmente pela
região da Cidade de Aparecida, onde se encontra a Basílica de Nossa
Senhora da Conceição Aparecida.

    Agora para incrementar todas essas histórias, relatarei uma em
particular, que por vários anos, foi contada pelo meu Avô paterno,
Alcides Brás de Oliveira.

    No ano de 1946, Antonio de Oliveira meu pai, com a idade de 6
anos, foi diagnosticado com febre tifoide. Os médicos da época, sem
condições de tratá-lo, e vendo que sua situação piorava a cada
minuto, percebendo que a criança não tardaria a fazer a passagem,
perguntaram a meu avô, se ele desejaria levar o filho para perto de
sua esposa, para que ela se despedisse da criança.
    Ele o levou, e no caminho, parando em uma igreja dedicada a Nossa
Senhora Aparecida, deitou o filho nos pés do altar, se ajoelhou, e
pediu com toda a fé de seu coração e com lágrimas nos olhos que a Santa
curasse seu filho.
    Se dedicou fervorosamente em oração, de tal forma, que com o
cansaço do corpo adormeceu.

    Ao despertar, após uns 15 a 20 minutos, se assustou em não ver seu
filho deitado aos pés do altar como o deixara. Levantou-se ao ouvir
uma voz de criança o chamando.
    Viu seu filho, que veio a ser meu pai, brincando na porta da
sacristia, sem o mínimo de febre.
    Agradeceu a Nossa Senhora Aparecida de joelhos. E partiu novamente
para o consultório do médico, que sem entender como aconteceu, só
disse a meu avô. "Seu filho está curado."

Relato de meu avô, Alcides Brás de Oliveira, sobre o acontecido com
meu pai Antonio de Oliveira, no ano de 1946.

Carlos de Oliveira

    Abençoada seja a nossa Mãe Negra!!!

Salve Nossa Senhora da Conceição Aparecida!!!

Saravá Oxum!!!

          





 Oração a Nossa Senhora Aparecida

Ó Maria Santíssima , que em vossa querida imagem de Aparecida.
Espalhais inúmeros benefícios sobre todo o Brasil.

Eu , embora indigno de pertencer ao número de vossos filhos, mas cheio
do desejo de participar dos benefícios de vossa misericórdia,
prostrados a vossos pés, consagro-vos o meu entendimento , para que
sempre pense no amor que mereceis ; consagro-vos minha língua , para
que sempre vos louve e propague a vossa devoção; consagro-vos o meu
coração , para que , depois de Deus , vos ame sobre todas as coisas

Recebei-nos , ó Rainha incomparável , no ditoso número de vossos
filhos , acolhei-nos debaixo de vossa proteção, socorrei-nos em todas
as nossas necessidades espirituais e temporais e sobretudo na hora da
nossa morte , Abençoai , ó Mãe Celestial e com vossa poderosa
intercessão. Fortalecei-nos em nossa fraqueza, a fim de que,
servindo-vos fielmente nesta vida , possamos louvar-vos , amar-vos e
dar-vos graças no céu , por toda a eternidade, 
Amém.




17 comentários:

lmcampos disse...

Pai Carlos, que lindo texto, em homenagem à nossa Santa Mãe Negra, Nossa Senhora da Aparecida! Que ela noa abençoe a todos e abençoe, também, esse dom divino que o senhor tem de nos tocar o coração com as palavras! Obrigada e Axé!
Leticia

Anônimo disse...

Muito linda a historia! Com certeza essas palavras são de tocar no coração! Saravá Oxum! Axé!

Anônimo disse...

Adorei o texto! Muito linda a homenagem, de verdade! Tenho muito amor e respeito por todos os Orixás! Adoro a Umbanda também! Axé a todos vocês!
Ana.

Anônimo disse...

Salve Nossa Senhora de Aparecida. Amei o post. Salve Umbanda. Salve Oxum.

Adriane Marquezine

Anônimo disse...

Lindo texto Pai Carlos, parabéns. Tocante a historia de seu Pai. Salve Senhora Aparecida.

Rosane Souza

Anônimo disse...

Salve Nossa Senhora Aparecida! Salve Mamãe Oxum! Rogai por nós, venha nos valer! Lindo post, parabéns Pai Carlos!
Elizabeth Wyara

Talita Sousa disse...

Salve Nossa Senhora da Aparecida! Lindo demais esse post!!!
Saravá minha mamãe Oxum! :)

Monike Barros disse...

Que lindo meu Pai ... Tem coisas que eu não lembrava mais..

Anônimo disse...

Sou Católica praticante, e após ler essa homenagem a nossa Amada
Padroeira escrito por um ser de luz e caridade da religião de Umbanda,
posso dizer que passei a amar essa religião também. Salve Nossa Senhora
Aparecida e salve as religiões de Umbanda e Católica.
Maria Aparecida Gomes de Souza. - Manaus AM

Anônimo disse...

Eu sou muito devota a Nossa Senhora de Aparecida. É minha mãezinha adorada. Amei seu texto meu querido amigo. Sou católica e não sabia que a Umbanda também tinha esse carinho pela minha santinha. obrigado por esse lindo texto. Maria Aparecida Gomes. Vila Velha ES

Sarah Medina disse...

Maravilhosa homenagem a nossa mãe sagrada. Salve nossa Senhora de Aparecida.

Anônimo disse...

Minha sagrada senhora, olhai por nós. Olhai pelos irmãos da Umbanda, proteja todos os filhos. Que assim seja. Amém. Marilsa Santiago.

Amilcar Santos disse...

Amada senhora Aparecida, que abençoe minha vida e minha caminhada. Que me de luz na escuridão e calma na hora do desespero e ira. Amém

Anônimo disse...

Salve salve Nossa Senhora de Aparecida, Que nossa mãezinha nos abençoe. Amém.

Anônimo disse...

Amo nossa Senhora de Aparecida. Obrigado por esse çlndo texto e depoimento. Davi

Maria Aparecida de Sá Peçanha disse...

Bom dia. Procurando textos sobre minha amada Nossa Senhora de Aparecida, me deparei com seu blog. E resolvi deixar esse comentario salientando o carinho e as lindas palavras que o senhor deixou aqui sobre a minha padroeira. Não sabia que a Umbanda tinha esse carinho por Nossa Senhora. Fiquei muito feliz em ter esse conhecimento. Amo nossa Senhora, sou católica, e agora tenho com todo prazer uma segunda religião. Se a Umbanda tem esse carinho com minha santinha eu tenho um carinho especial pela Umbanda. Muita paz e abraços.

Tavares disse...

Linda Nossa Senhora de Aparecida.

Postar um comentário

 
;